Bloqueio criativo

Faz um bom tempo que eu não venho aqui, e não foi porque eu não quis. Eu até continuo comentar em outros blog, visitar os blogs de sempre e procurar por novos; mas, o meu em estado de acúmulo de teias de aranhas. Adivinhem o que aconteceu, amigodes? Eu estava sem criatividade. Novidade?
Sabe quando você tem muita, mas muita vontade de fazer algo, mas não sabe o que fazer? Por onde começar? Quando algo necessita primeiramente do ser criativo que habita um cantinho do seu cérebro e ele, provavelmente está tirando férias do Havaí, ou esquiando na Suécia? Bom, temos um nome pra isso: bloqueio criativo (ou criatividade folgada, mas enfim, vamos sair dos parênteses)

Bom, isso não é tão novo pra mim, que de tempos em tempos me deparo com essa situação. E o que faço pra resolver? Pra estimular a minha criatividade? 

Horas e mais horas no youtube assistindo vlogs (principalmente agora que tá rolando VEDA \o/)
Horas e mais horas no tumblr vendo gifs e posts engraçados.
Fuçar os posts antigos dos blogs que eu curto.
Ler livros (isso já faço o tempo todo, né)
Editar fotos.
E só. 

Mas esses dias nada disso resolveu. 
E hoje, cá estou eu tentando varrer essas páginas.
E eu queria perguntar pra vocês: 
o que vocês fazem quando têm bloqueio criativo???
diz a lenda que ler o dicionário ajuda, é verdade?



Compartilhem dicas \o/ 
E façam um mundo mais feliz :3

Filme: Ame e Yuki, as crianças-lobo

Hey hey *u* Hoje vim indicar um filme muito fofo e lindo que conheci, por acaso no tumblr: Crianças lobo. O nome original do filme é Ookami Kodomo no Ame to Yuki, e é uma animação japonesa realizada pelo Mamoru Hosoda
O filme é narrado por uma das crianças-lobo, já adulta. Começa com Hana, uma jovem universitária, que conhece Ookami. Entre eles, começa a surgir um grande amor e, é aí que Ookami revela ser um lobisomem. Não esses lobisomens que sofrem o a lua cheia, ficam descontrolados, etc. Ele mostra que ele mesmo controla aquilo e tal. Bom, daí com o namoro dos dois, nascem duas crianças: Yuki e Ame. Os dois herdam as características do pai, daí vem o "Crianças Lobo". 
Enfim, Ookami morre /chorei/ e Hana, com dois filhos, decide mudar pra o campo e lidar com os desafios de criar duas crianças ~lobos~ sozinha e se adaptar à mudança.
Eu gostei bastante do filme, além de ser uma história simples e verdadeira, é muita muita fofura!!Os personagens passam sentimento pra quem assiste. Yuki, a garota, no começo ela é bem agitada, é bem mais "lobo", entende?
No decorrer na história, ela muda isso: quer frequentar a escola, fazer amigos, viver como uma "garota normal".

Já Ame, no início, ele se mostra não gostar dessa parte lobo, para ele, o lobo é sempre o cara mau. Mas, com o seu desenvolvimento, ele mostra preferir essa parte lobo, e viver assim. 


O filme passa uma mensagem legal e, recomendo pra todos. 


Yuki significa 'neve', pois ela nasceu em um dia de nevasca.

Ame significa 'chuva', pois ele nasceu em um dia chuvoso.

CARA, em vários momentos do filme, quando olhava o Ookami, achava ele muito
parecido com o L, de Death Note UAHAHAHAHA ;-;

Ficha técnica:
Nome: Ookami Kodoma no Ame to Yuki (おおかみこどもの雨と雪)
Roteiro: Mamoru Hosoda
Produtores: Seiji Okuda e Yoshiyuki Sadamoto
Duração: 117 minutos
Ano: 2012

Tag: Alfabeto de personagens

Ei ei vocês, belezinha, belezuda? E como foi o carnaval de vocês? O meu foi um tédio, eu queria é viajar. Fiquei aqui tediando no tédio, como sempre. Então, queria contar umas coisinhas pra vcs.
Primeiro, mudei o layout. Quer dizer, ainda tô mudando, porque tem coisas que quero adicionar, outras que quero tirar; mas como eu tenho preguiça, daí vai ficando assim mesmo. Olha, queria pedir pra vocês me ajudarem com sugestões, tá? rsrsrs Me falem o que acharam, o que não tá legal, tipo, o que devo mudar e tal, blz?
Outra coisa: tô participando do projeto Diário-blog, lá do Interesses Sutis, blog da Sara ~minha chará~ O link é esse aqui, e lá eu posto diariamente, mesmo quando não tem o que postar.
Mais uma coisa: AS AULAS COMEÇAM SEGUNDA, HELP ME ok, parei.
Foto: autoria própria
Bom, ao post: é só, tipo, uma "tag" que consiste em postar um personagem de um livro por letra do alfabeto. É bem simples, qualquer um pode fazer. Eu tentei, pra ver se eu tenho memória boa, haha. Olha aí a minha lista

Tag: Alfabeto de personagens

Aslam (As crônicas de Nárnia)
Bilbo Bolseiro (O hobbit)
Carrie (Carrie, a Estranha)
Dickon (O jardim secreto)
Edward Cullen (Saga Crepúsculo)
Fred Weasley (Harry Potter)
Groover (Percy Jackson e os Olimpianos)
Henri Smith (Eu sou o número quatro)
Ian (A hospedeira)
Jesse de Silva (A mediadora)
Klaus Baudelaire (Desventuras em série)
Luce (Fallen)
Marley (Marley e eu)
Nico (Percy Jackson e os Olimpianos)
Olaf (Desventuras em série)
Pedro (As crônicas de Nárnia)
Quíron (Percy Jackson e os Olimpianos)
RipChip (As crônicas de Nárnia)
Sam Goode (Os legados de Lorien)
Thomas (Maze Runner)
Umbridge (Harry Potter e a Ordem da Fênix)
Voldemort (Harry Potter)
Wireman (Duma Key)
Xenófilo Lovegood (Harry Potter e as Relíquias da Morte)
Y EU N LEMBRO NENHUM AGORA, OMG SOCORR Hhduashduashduha ;-; não lembro, tá u_u/
Zeus (Percy Jackson e os Olimpianos)

É isso, qualquer um pode fazer (se alguém fazer, pfvr coloca o link nos comentários, pois sou stalker de tags, hehe xD)
Chau chau, kissus no kokoro
(tradução: Tchau tchau, beijos no coração)

Celular, do Stephen King

O que você faria se, todas as pessoas que estivessem usando o celular neste momento, virassem zumbis?

É isso que acontece em Celular, do Stephen King. Clay Riddell, está em uma pequena fila para comprar sorvete, quando vê que, do nada, um homem tinha arrancado a orelha do seu cachorro com os dentes. E que, a mulher que estava na sua frente tentava atacar o sorveteiro. Ele se depara com esse tipo de acontecimento em vários pontos ao seu redor. Além disso, há várias batidas de carro, soam alarmes em todos os lugares, os aviões caem: o mundo tinha virado um caos.
Logo, Clay conhece Tom e Alice -garota de quinze anos, que fora atacada pela própria mãe. E o que os "sobreviventes", digo, os que não ficaram loucos tinham em comum? Nenhum deles tinha um celular.
A causa do apocalipse zumbi era os celulares.

Bom, a narração é em terceira pessoa, mas é voltada totalmente para Clay, onde seu objetivo maior é encontrar seu filho e Sharon, sua ex-mulher, com a esperança que eles não estivesses usando celular naquele dia (ou que eles não tenham sito atacados pelos zumbis)
Ao redor desse drama, vários acontecimentos ocorrem, onde aparecem mais informações e teorias sobre o que estava acontecendo com o mundo. Aparecem mais personagens ao decorrer da trama; achei que todos são bem desenvolvidos. As descrições são bem impactantes, faz você se sentir na pele dos personagens; faz você pensar "se isso estivesse acontecido de verdade, o que eu faria?" E os personagens são bem comuns, o que faz mais ainda reforçar a pergunta.
Não exatamente o final, mas o jeito que o livro termina, me frustrou um pouco, mas eu meio que entendo o motivo do final terminar daquele jeito.

Nota: ♥♥♥♥ (4/5)

Ficha técnica:
Nome: Celular
Autor: Stephen King
Número de páginas: 400
Editora: Objetiva
Ano: 2007
ISBN: 9788573028621
// NO SKOOB //